• EN
  • Facebook
  • Instagram
  • Linkedin
Você está em: Início > Cursos > Unidades Curriculares > LAG1251

Fitossanidade

Código: LAG1251    Sigla: FIT
Área Científica: Produção Agrícola

Ocorrência: 2019/20 - 2S

Área de Ensino: Produção Agrícola

Cursos

Sigla Nº de Estudantes Plano de Estudos Ano Curricular Créditos Horas Contacto Horas Totais
LAGRON 29 Despacho n.º 14199/2014 de 24/11 5

Horas Efetivamente Lecionadas

2_A

Ensino Teórico: 0,00
Ensino Teórico-Prático: 52,00

Docência - Horas Semanais

Ensino Teórico: 1,00
Ensino Teórico-Prático: 3,00

Tipo Docente Turmas Horas
Ensino Teórico Totais 1 1,00
Ana Maria Gomes de Sousa Neves   0,40
Maria do Céu Godinho   0,60
Ensino Teórico-Prático Totais 1 3,00
Ana Maria Gomes de Sousa Neves   0,40
Maria do Céu Godinho   2,60

Docência - Responsabilidades

Docente Responsabilidade
Maria do Céu Godinho Responsável

Objetivos de Aprendizagem (conhecimento, aptidões e competências a desenvolver pelos estudantes)

Pretende-se proporcionar informação para aprendizagem, reflexão e debate sobre proteção das plantas num contexto de agricultura sustentável; aprofundar conhecimento no âmbito da proteção das plantas, nomeadamente:

Conhecimento sobre os inimigos das culturas: sistemática, morfologia e bioecologia; Executar de forma fundamentada as etapas de diagnóstico e aplicar metodologias e técnicas apropriadas.

Conhecimento e análise crítica dos aspetos económicos da proteção das plantas: inimigo chave e outros de carácter ocasional e potencial bem como de conceitos como estrago e prejuízo;

Conhecimento das medidas indiretas de luta, dos meios de luta e dos itinerários técnicos das culturas;

Capacidade de trabalho em equipa e outras de carácter transversal, como comunicação oral e escrita;

Capacidade de procura e aprofundamento da formação técnica e científica ao longo da vida

Conteúdos programáticos

Módulo I - INTRODUÇÃO

Conceitos e evolução do conhecimento; inimigo chave, ocasional e potencial; Importância da protecção das plantas: domínio e objectivos.

Módulo II - ENTOMOLOGIA

Conceito de praga; Taxonomia; Caracterização dos principais grupos de importância agrícola; Estragos; Ciclos de vida: reprodução; desenvolvimento. Dinâmica das populações.

Módulo III - FITOPATOLOGIA

Princípios e conceitos; doença e agente causal; parasitismo e patogenicidade; triângulo da doença; ciclo de uma doença parasitária; interação patogénio-hospedeiro; epidemiologia das doenças das plantas; parâmetros quantificadores: incidência e severidade. Principais agentes causadores de doença; abióticos; fungos; bactérias; fitoplasmas; vírus e partículas sub-virais; nematodes.

Demonstração da Coerência dos Conteúdos Programáticos com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

A presente unidade curricular deverá orientar os estudantes para a integração dos componentes do ecossistema agrícola com as práticas culturais do itinerário técnico que têm maior impacto sobre o ecossistema nos compartimentos solo, ar e água. Pretende-se dar a conhecer alternativas de produção agrícola mais sustentáveis do ponto de vista ambiental sobretudo na gestão de nutrientes e uso de pesticidas.

Pretende-se ministrar matérias de carácter técnico e científico ao nível da exploração agrícola para melhor entendimento das páticas a executar num itinerário técnico de uma cultura. Esclarecer quais os mecanismos de regulação natural e explorar o papel da biodiversidade funcional como motor da produção agrícola mais sustentável evitando ¿inputs¿ desnecessários.


Metodologia de Ensino (Avaliação incluída)

A metodologia de trabalho assentará, fundamentalmente, no modo expositivo promovendo debates que se realizarão tanto a nível presencial como on-line. Os debates serão centrados em temas e tarefas específicas, propostas, com o apoio de bibliografia fornecida previamente através da plataforma moodle.
A avaliação terá um carácter contínuo com as seguintes componentes:
1. Condições para admissão a exame final
Os estudantes matriculados na unidade curricular estão admitidos a exame final
2. Condições de dispensa a exame final
Realização de uma prova escrita (A).
Realização de 2 trabalhos (B).
Obtenção de uma classificação mínima de 10 (dez) valores na prova escrita e nos trabalhos realizados
3. Exame final (C) (Consta da realização de uma prova escrita).
4. Classificação final
CF=0,4*A+0,6*B
Ou
CF=0,4*C+0,6*B
ou
CF= C



Demonstração da Coerência das Metodologias de Ensino com os Objetivos de Aprendizagem da Unidade Curricular

Neste nível de ensino pretende-se privilegiar o trabalho centrado no estudante. Será fomentada a pesquisa e discussão de estudos de caso, numa perspetiva de integração do conhecimento científico disponível.

Conhecer e Compreender modos de produção alternativos exigirá a exposição das matérias relacionadas com o itinerário técnico de produção e as características particulares destes modos de produção sustentável. A consolidação destas matérias será efetuada através de estudo de artigos técnico-científicos nacionais e internacionais, e discussão de questões chave como estimativa do risco, tomada de decisão e uso sustentável de pesticidas.

Conhecer a regulamentação exigirá disponibilizar a informação existente e motivar os estudantes para análise crítica do papel da organização de processos e certificação da produção promovendo o trabalho individual e em grupo.

Bibliografia de consulta (existência obrigatória)

Aguiar, A., Godinho, M.C., Costa, C. 2005. Produção Integrada. SPI, Porto, 104pp

Agrios, N. George. 2007. Plant Pathology, Acad Press, 5ª Ed 922p

Amaro, P. 2003. A protecção integrada. ISA Press, Lisboa 446p

Boller E.F., Häni F. & Poehling H-M (eds) 2004. Ecological Infrastructures: Ideabook on Functional Biodiversity at the Farm Level Temperate Zones of Europe. Verlag und Bezug, Lindau,220 p

Gullan, P.J. & Cranston, P.S. 2005. An outline of entomology. Blackwell pub, 3ª ed, 505p

Malais, M. & Ravensberg, W. J. 1991. Knowing and recognising, Koppert, 109p

Passos de Carvalho, J. 1986. Introdução à Entomologia Agrícola. Fund.Cal.Gulbenkian, LIsboa,361p

Ramón, R. C. 2004. Introduccion a la proteccion integrada. Phytoma, 356p